As 5 Etapas Indispensáveis de um Empreendimento de Incorporação Imobiliária


A Lei nº 13.786/2018, que visa disciplinar a resolução dos contratos de aquisição de unidades imobiliárias, alterando a Lei de Incorporações e a Lei de Parcelamento do Solo Urbano.


1° - ESTUDO DE MERCADO

A primeira etapa realizamos é, sem dúvida, o estudo de mercado. Nessa fase, os dados que validam um empreendimento são coletados e testados para que o retorno financeiro do negócio esteja atrativo e consequentemente lucrativo.

2° - AQUISIÇÃO DE TERRENOS

Quando um terreno atende todos os requisitos das viabilidades, parte-se para a sua aquisição e assinaturas dos contratos.

3° - DEFINIÇÃO DO PRODUTO

Com o estudo de mercado realizado e o terreno adquirido, nós começamos a fase de projeto do produto imobiliário, para desenvolver o projeto com base nas diretrizes internas estabelecidas na viabilidade.

4° - APROVAÇÃO E REGISTRO

Assim que os projetos são finalizados, eles precisam ser aprovados pelos órgãos técnicos municipais. A fase de aprovação legal do empreendimento precisa ser apresentado para a equipe técnica da prefeitura para discutir aspectos e exigências da legislação local para ter o Alvará de Construção.

5° - LANÇAMENTO

Finalizado o registro da incorporação, o loteamento ou condomínio pode ser finalmente lançado. Diversas estratégias de lançamento são definidas pelas equipes de marketing e vendas para potencializar as reservas das unidades que incluem um stand de vendas e treinamento dos corretores parceiros.